Conquista: Campinas volta a ter uma Delegacia dos Animais

No dia 17 de agosto, o Diário Oficial do Estado de São Paulo publicou uma Portaria que recria em Campinas a Delegacia dos Animais. “É uma vitória para Campinas, que há tempos almeja o retorno de um órgão que terá a responsabilidade de investigar e punir os crimes ambientais e de maus tratos a animais de nossa cidade”, destaca o vereador André von Zuben.

 

Está é uma luta antiga da qual André von Zuben participou e vem defendendo desde 2014, quando, em seu primeiro mandato de vereador, foi membro da Comissão de Proteção e Defesa dos Direitos dos Animais da Câmara Municipal.

 

O vereador fez esta reivindicação em diversos órgãos e para várias autoridades, como, por exemplo, o delegado regional do Deinter 2 (Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior) da época, Kleber Altale, e o então secretário Estadual de Segurança Pública, Alexandre de Moares, como recordam as imagens abaixo.

 

Com o nome oficial de Setor de Intervenção Estratégica, a Delegacia dos Animais começa a funcionar na próxima segunda-feira (24/8), com sede na Delegacia Seccional, na Avenida Andrade Neves, 471.

Em 2014, como vereador, me reuni com o então delegado regional responsável pelo Deinter 2, Kleber Altale, para discutir os problemas com a falta de atendimento policial especializado aos delitos contra o meio ambiente e maus tratos aos animais
Em 2014, como vereador, me reuni com o então delegado regional responsável pelo Deinter 2, Kleber Altale, para discutir os problemas com a falta de atendimento policial especializado aos delitos contra o meio ambiente e maus tratos aos animais
Em 2015, juntamente com membros da Comissão de Proteção e Defesa dos Direitos dos Animais da Câmara Municipal, estive em São Paulo, onde, além de outras demandas de segurança pública, pedi uma delegacia específica para tratar de assuntos relacionados aos animais e ao meio ambiente para o então secretário Estadual de Segurança Pública, Alexandre de Moraes
Em 2015, juntamente com membros da Comissão de Proteção e Defesa dos Direitos dos Animais da Câmara Municipal, estive em São Paulo, onde, além de outras demandas de segurança pública, pedi uma delegacia específica para tratar de assuntos relacionados aos animais e ao meio ambiente para o então secretário Estadual de Segurança Pública, Alexandre de Moraes

 

Em 2015, com a falta de uma delegacia específica, me reuni com o então delegado de polícia titular do 4º Distrito Policial, Mauricio Lucenti Geremonte, para requerer abertura de inquérito policial sobre as mortes violentas de gatos que vinham ocorrendo na Lagoa do Taquaral. A reunião contou com a então presidente do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais, Ingrid Menz, e o vice-presidente do Conselho na época, Flávio Lamas, e a então presidente da Comissão do Meio Ambiente da OAB, a advogada Angélico Soares
Em 2015, com a falta de uma delegacia específica, me reuni com o então delegado de polícia titular do 4º Distrito Policial, Mauricio Lucenti Geremonte, para requerer abertura de inquérito policial sobre as mortes violentas de gatos que vinham ocorrendo na Lagoa do Taquaral. A reunião contou com a então presidente do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais, Ingrid Menz, e o vice-presidente do Conselho na época, Flávio Lamas, e a então presidente da Comissão do Meio Ambiente da OAB, a advogada Angélico Soares